Tratamento de Hérnia de Disco – Método McKenzie

hernia de disco

A dor na região lombar é uma reclamação comum e afeta praticamente todos em algum momento da vida adulta. Ela costuma ser recorrente, com crises se tornando mais frequentes e incapacitantes com o passar do tempo. A maior parte dos casos de dor lombar é de origem mecânica. Isso quer dizer que a dor é causada pelas estruturas envolvidas com o movimento e a sustentação de peso, e que determinados movimentos ou posições podem fazer a dor aparecer ou aumentar.

Quando sentamos por alguns minutos, os músculos que sustentam a coluna se cansam e relaxam, nosso corpo se dobra e nossa postura fica “relaxada”. Isso causa o alongamento excessivo dos ligamentos e das estruturas ao redor da coluna e consequentemente a dor aparece. Se essa postura vira um hábito recorrente, os discos intervertebrais começam a se deformar  e assim  outros movimentos e posturas passam a produzir dor.

A hérnia de disco ocorre quando o disco intervertebral se deforma permanentemente e atinge a raiz do nervo, podendo gerar dor irradiada, parestesia, perda de força, de reflexo, de sensibilidade e dificuldade para urinar ou reter a urina.

O fato de ter sido diagnosticado com hérnia de disco, não significa que seu caso é grave ou que necessite de cirurgia. Muitos estudos demonstraram que menos de 10% dos pacientes com esses diagnósticos realmente precisam de cirurgia. Os pacientes que iniciam seu tratamento com o Método McKenzie tem seus sintomas e queixas resolvidas rapidamente com o tratamento durando em  média 5 sessões.

Advertisements

Mobilização Neural (Neurodinâmica)

neuro1

 

A mobilização neural é uma terapia manipulativa que consiste na mobilização do sistema nervoso através de movimentos tensionantes ou oscilatórios realizados nas articulações pelas quais os nervos trajetam. As queixas de dores podem estar associadas a hábitos posturais ou movimentação inadequada. O tratamento é indicado para cefaléias, síndromes compressivas, entorses, fascite e lesões mecânicas.

Os fisioterapeutas avaliam o paciente através de testes específicos para relacionar a influência do sistema neural e as dores, com o intuito de selecionar a melhor abordagem para o tratamento da patologia.